O ex-prefeito de Aparecida de Goiânia Gustavo Mendanha (Patriota) voltou a operar na política do município. Ele teria dito que vai apoiar a reeleição de Vilmar Mariano, em 2024, e por isso está indicando pessoas para a gestão pública. (Um vereador afirma que o candidato de Mendanha será Tatá Teixeira ou outro político, menos Vilmar Mariano.)

De acordo com um vereador, Mendanha indicou Tatá Teixeira para a Secretaria de Desenvolvimento. Se o prefeito vetar o ex-secretário, ele terá o direito de indicar uma pessoa de sua confiança.

Indicado por Mendanha, Vanilson Bueno tende a voltar para a Secretaria de Ação Integrada. O vereador Aldivo Araújo (MDB) volta para a Câmara Municipal. Seu suplente, Arnaldo Leite, do MDB, tende a assumir a Secretaria de Articulação Política, hoje ocupada por Divino Ajax (ligado a Tatá Teixeira).

Mendanha controla dez secretários da gestão “compartilhada” com Vilmar Mariano. O deputado federal Professor Alcides, do PL, indicou apenas três secretários (Cultura, Meio Ambiente e Educação). Curiosamente, Mendanha estaria orientando os vereadores que o apoiam a “baterem” nos secretários que são aliados do parlamentar. Os ataques são basicamente do presidente da Câmara, André Fortaleza, mas para as ordens para “bater” seriam de Tatá Teixeira, o braço direito de Mendanha.

Vilmar Mariano é ligado, politicamente, ao Professor Alcides, mas ainda é subserviente a Mendanha.