Sicoob organiza I Encontro de Conselheiros e lança livro sobre cooperativismo de crédito

Henrique Vilares e Marco Almada coordenam painel e Nathan Blanche faz palestra. Jales Naves e Jales Jr. lançam livro sobre o Sicoob

O Sicoob Goiás Central organiza na quinta-feira, 9, na parte da manhã, no Oliveira’s Place (avenida T-36, nº 3.588, Setor Bueno), em Goiânia, o I Encontro de Conselheiros do Sicoob em Goiás e Tocantins.

Os presidentes do Sicoob Conderação, Henrique Castilhano Vilares, e do Bancoob, Marco Aurélio Almada, coordenam o painel “Papel da Central na visão do Sicoob Confederação e Bancoob no desenvolvimento do Cooperativismo Financeiro”. O empresário e economista Nathan Blanche fará a palestra “Novos tempos com Selic baixa. Você está preparado?” Nathan Blanche é sócio-fundador da Tendências Consultoria Integrada.

Nathan Blanche: brilhante economista da Tendências Consultoria | Foto: Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção

O jornalista e escritor Jales Naves e o advogado Jales Naves Júnior lançam, às 10h25, o livro “Cooperativismo de Crédito — Sua História em Goiás e Seu Protagonismo no Brasil”. A obra resgata a história do Sicoob e “a participação de Goiás na estruturação e consolidação desse sistema financeiro, hoje o sexto maior do país”.

“O atual modelo de Cooperativismo de Crédito existente em Goiás tem praticamente 34 anos. Surgiu em 1983 em Goianésia, com a Cooperativa de Crédito Rural dos Plantadores de Cana do Vale do São Patrício Ltda. (Coopercred). Implantada, logo se capitalizou, começou a prestar serviços financeiros ao seu quadro social e se mostrou viável. Com sua atuação, serviu de referência para as Cooperativas de produtores rurais também pleitearem ter o seu segmento de Crédito Rural, diante das dificuldades na área”, ressaltam Jales Naves e Jalles Júnior.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Jales Naves

É uma oportunidade de se conhecer melhor o Cooperativismo de Crédito e sua inserção no mercado financeiro, constituindo-se numa importante alternativa de aplicação e movimentação das finanças pessoais. Os dirigentes estão se sensibilizando para uma atividade que só vai engrandecer o sistema financeiro: a educação cooperativista, a discussão permanente para que cooperados tenham mais informações e possam ter melhor participação, como proprietários e como usuários.