Servidores da Prefeitura de Catalão são suspeitos de atentado contra radialista

Sérgio Fornalla e Argélia Teixeira teriam jogado explosivos na casa do radialista Ricardo Nogueira. Os dois foram presos

Radialista Ricardo Nogueira mostra ferimentos nas costas causados por fragmentos de dinamite

A Polícia Civil prendeu dois suspeitos de atentado contra o radialista Ricardo Nogueira na terça-feira, 27, em Catalão. O profissional trabalha na Rádio Sucesso, em Catalão.

Sérgio Fornalla, comissionado na Prefeitura de Catalão, e Argélia Teixeira foram detidos pela polícia. Thiago Koga, o terceiro suspeito do atentado, está foragido. Fornalla e Koga foram contratados como fiscais pelo prefeito Adib Elias, do MDB. A polícia não apurou, até agora, envolvimento do prefeito.

Os suspeitos Sérgio Fornalha e Thiago Koga posam para foto com o prefeito Adib Elias

Koga e Fornalha trabalharam como segurança na campanha eleitoral de Adib Elias, em 2016.

Criminosos atiraram bananas de dinamite contra a casa de Ricardo Nogueira, em Três Ranchos, município próximo de Catalão. Ricardo Nogueira sofreu ferimentos nas costas. Sua mulher foi atingida e recebeu atendimento num pronto-socorro.

Há marcas dos explosivos em várias partes da residência. O deputado Gustavo Sebba, do PSDB, afirmou: “Graças a Deus, o pior não aconteceu”. Para o parlamentar, trata-se de um atentado político. O radialista fazia críticas ao presidente da Câmara Municipal, Deusmar Barbosa, e ao prefeito Adib Elias.

Deixe um comentário