Senador do Tocantins é o novo líder do governo Bolsonaro no Congresso

A turma de Bolsonaro diz que Joice Hasselmann seria “Joice Doria” e propõe Eduardo Gomes para o seu lugar

Eduardo Gomes, senador pelo MDB do Tocantins | Foto: Divulgação

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) — os bolsonaro-boys a chamam de Joice Doria — não é a mais líder do governo do presidente Jair Bolsonaro no Congresso. Ela será substituída pelo senador Eduardo Gomes, do MDB do Tocantins.

Bolsonaristas dizem que Joice deixaria o cargo independentemente da crise do presidente com o PSL. “O Globo” ressalta que “a situação de Joice ficou insustentável no governo na quarta-feira, após a deputada assinar uma lista de apoio à permanência de Delegado Waldir (GO) na liderança do PSL na Câmara. Bolsonaro articulou para que um dos seus filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), assuma o lugar”.

Joice Hasselmann: defenestrada por Jair Bolsonaro | Foto: Divulgação

Ativa, com posições fortes, Joice Hasselmann articula, de maneira eficiente, tanto com Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, quanto com Davi Alcolumbre, presidente do Senado. Mantém trânsito fácil com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Mas não teria o apreço do ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, que prefere articular com o deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), líder do governo na Câmara dos Deputados e desafeto do deputado Delegado Waldir Soares.

Bolsonaro tem criticado Joice Hasselmann, sugerindo que tem um pé na sua canoa e um pé na canoa do governador de São Paulo, João Doria. O tucano pretende disputar a Presidência da República em 2022 e acredita que a deputada vai “trai-lo”. A parlamentar planeja disputar mandato de prefeita de São Paulo e mantém relacionamento estreito com Doria. Mas tem sido leal a Bolsonaro, no Congresso. O deputado Eduardo Bolsonaro joga contra o projeto de Joice.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.