Fotos: Moreira Mariz/ Agência Senado

Se não conseguir uma aliança com o DEM, submetendo o senador Ronaldo Caiado ao seu poderio, o peemedebismo vai buscar uma aliança com o PSD do ex-deputado federal Vilmar Rocha e Thiago Peixoto (que não se entusiasma por uma composição com o PMDB) ou o PSB da senadora Lúcia Vânia e o PPS do deputado federal Marcos Abrão.

Aliados de Thiago Peixoto sugerem que dificilmente o PSD terá condições de compor com o PMDB de Daniel Vilela ou com o DEM de Ronaldo Caiado. O mais provável, sustentam, é que Thiago Peixoto seja vice de José Eliton, o pré-candidato do PSDB a governador. Resta convencer Vilmar Rocha a hipotecar apoio ao pleito do deputado federal.

Lúcia Vânia, que quer disputar a reeleição e está com dificuldade — a base governista definiu que o governador Marconi Perillo e o senador Wilder Morais devem disputar a eleição para o Senado —, pode compor com Ronaldo Caiado. Pode até não compor, mas é mais fácil o PSB compor com o presidente do DEM do que o PSD compor.