Secretários dizem que o VLT de Goiânia foi para o saco, quer dizer, não vai mais sair do papel

VLT não é obra considerada fundamental pelo Ministério da Fazenda

VLT não é obra considerada fundamental pelo Ministério da Fazenda

Na semana passada, dois secretários do governo de Goiás disseram, numa linguagem coloquial, que “o VLT foi para o ‘saco’”. Perguntados sobre o significado da expressão, riram e disseram (suas palavras estão sintetizadas): “Significa que o VLT não vai sair do papel”. Por qual motivo? “O governador Marconi Perillo tem uma capacidade enorme de empreender e, ao mesmo tempo, de surpreender, arrancando leite de pedra. Mas o fato é que não há dinheiro para a construção do Veí­culo Leve Sobre Trilhos”, sublinhou um secretário, apontado como “top”.

O governo do Estado não tem condições de bancar financeiramente a construção do VLT — uma obra caríssima. A alternativa seria conquistar recursos federais. Porém, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, tem dito, com todas as letras, que o governo federal não vai bancar obras como VLTs, que avalia que, apesar de importantes, não são fundamentais. Qual a saída? Melhorar o “BRT” do Eixo Anhanguera.

Especialistas dizem que o serviço da Metrobus no Eixo Anhanguera é de qualidade. O que se precisa melhorar são os terminais e os pontos de ônibus. A rede foi ampliada, chegando a cidades do Entorno de Brasília, mas a estrutura é inadequada.

4 respostas para “Secretários dizem que o VLT de Goiânia foi para o saco, quer dizer, não vai mais sair do papel”

  1. Avatar Ricardo Filho disse:

    Se o problema fosse só a estrutura do Eixo, estávamos feitos. Não tem segurança nenhuma naquela linha. Todo dia há vários roubos lá. E o estado não faz nada. Acho que a matéria deveria abordar isso também.

  2. Avatar Rafael Mendes Aleph disse:

    “A rede foi ampliada, chegando a cidades do Entorno de Brasília […]”

    A quais cidades entorno de Brasília?
    Até onde sei, o Eixo Anhanguera mal atende 4 das 20 cidades da região metropolitana: Goiânia, Senador Canedo, Trindade e Goianira.

  3. Avatar Ricardo De Castro Rossi disse:

    O Estado deveria dar uma satisfação! Existem vários moradores de condomínios a serem desapropriados que estão vivendo um verdadeiro dilema de vida. Não sabem se serão desapropriados ou não. Com isso os condomínios estão com muita inadimplência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.