Se tentar fechar acordo com Marconi, Mendanha perde a chancela do Patriota

Se insistir em compor com o tucano, Mendanha poderá perder o apoio do Patriota, que poderá seguir com Ronaldo Caiado

O presidente do Patriota em Goiás, empresário e marqueteiro Jorcelino Braga, teria radicalizado.

Ao saber dos encontros secretos entre o pré-candidato a governador pelo Patriota, Gustavo Mendanha, e Marconi Perillo, pré-candidato a senador, Braga teria mandado um recado duro.

Ou seja, Mendanha até poderá ficar com Perillo, mas não ficará com o Patriota. Noutras palavras, o ex-prefeito de Aparecida de Goiânia, sem a chancela do Patriota, não teria como disputar a eleição para governador.

Jorcelino Braga: presidente do Patriota | Foto: Divulgação

Se Mendanha forçar a barra por uma composição com Perillo, a tendência é que o Patriota apoie a candidatura do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, do União Brasil.

Ante a resistência de Braga, Perillo poderá disputar o governo pelo PSDB. Ou pode ser candidato avulso a senador, ou então na chapa do PSB e do PT.

O PSB tende a lançar José Eliton para governador, com Wolmir Amado na vice (ou para senador). Perillo poderia entrar na chapa como postulante ao Senado. Para tanto, basta que João Doria desista da candidatura a presidente da República pelo PSDB, ou aceite ser vice de Simone Tebet, a pré-candidata do MDB a presidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.