Se Lissauer for vice de Caiado, médico de Rio Verde deve ser candidato a deputado federal

Wellington Carrijo ou Lucivaldo Medeiros: um deles pode ser a aposta do mais influente município do Sudoeste goiano

Se o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Lissauer Vieira, do PSB (a caminho de outro partido), for candidato a vice do governador Ronaldo Caiado (DEM), em 2022, a tendência é que o prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, do partido Democratas, banque o médico Wellington Carrijo ou o vereador Lucivaldo Medeiros para deputado federal.

Wellington Carrijo | Foto: Reprodução

Wellington Carrijo dirige a OS que cuida do Hospital de Urgência da Região Sudoeste Dr. Albanir Faleiros Machado (Hurso). Jovem, é apontado como um médico competente. Ele é ligado a Lucas do Vale, filho do prefeito Paulo do Vale.

No entanto, se Lissauer Vieira for candidato a deputado federal, Wellington Carrijo (e Lucivaldo Medeiros) não disputará mandato em 2022.

Para deputado estadual, ficou acertado que Paulo do Vale e Lissauer Vieira vão apoiar a reeleição do parlamentar Chico KGL, do Democratas. Lucivaldo Medeiros, que estava no páreo, refluiu.

Nota

Em nota o Instituto de Planejamento e Gestão de Serviços Especializados (IPGSE) informou que Wellington Carrijo não faz parte do quadro diretivo e não ocupa cargo em nenhuma área do Hospital Estadual de Urgências da Região Sudoeste Dr Albanir Faleiros Machado (Hurso).

Leia a íntegra da nota: 

O Instituto de Planejamento e Gestão de Serviços Especializados (IPGSE), organização social que faz a gestão do Hospital Estadual de Urgências da Região Sudoeste Dr. Albanir Faleiros Machado (HURSO), em Santa Helena de Goiás, informa que, a respeito da notícia veiculada no Jornal Opção, Wellington Carrijo não faz parte do quadro diretivo e não ocupa cargo em nenhuma área da instituição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.