Se Iris atacar candidato petista, o PT vai bombardeá-lo com o caso Caixego e dívidas da prefeitura

Renan Calheiros e Eduardo Cunha: os dois líderes do PMDB nacional podem ser “usados” contra Iris Rezende em Goiânia

Renan Calheiros e Eduardo Cunha: os dois líderes do PMDB nacional podem ser “usados” contra Iris Rezende em Goiânia

Dois petistas disseram ao Jornal Opção, na semana passada, que, se o candidato do PT for atacado pelo possível candidato do PMDB a prefeito de Goiânia, Iris Rezende, o contra-ataque será duro e em duas direções. Se o peemedebista depreciar a gestão do prefeito Paulo Garcia, o PT vai abrir a caixa preta da gestão de Iris Rezende, evidenciando que deixou dívidas impagáveis — ao menos 1 bilhão de reais — e pavimentou a cidade com asfalto que os engenheiros chamam de sonrisal. Quando a crítica envolver questões morais do PT em termos nacionais, os luas vermelhas vão rememorar o histórico do PMDB goiano — como a história do caso Caixego, Astrográfica e a venda da usina de Cachoeira Dourada — e vão citar as ações da dupla dinâmica Renan “Batman” Calheiros, presidente do Senado, e Eduardo “Robin” Cunha, presidente da Câmara dos Deputados. Os malfeitos locais e nacionais do PMDB serão catalogados e expostos sem dó nem piedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.