Se for eleito em Goiânia, Iris deve renunciar para disputar o governo em 2018. Aí Major Araújo assume

Ex-presidente da Câmara Municipal da capital afirma que Iris Rezende é candidato a algum cargo eletivo quando diz que não é candidato

Major Araújo e Iris Rezende: o primeiro é conhecido como o novo Paulo Garcia

Major Araújo e Iris Rezende: o primeiro é conhecido como o novo Paulo Garcia

Cinco peemedebistas admitem que Iris Rezende, se eleito prefeito de Goiânia, vai disputar o governo de Goiás em 2018. O Major Araújo, no caso, assumiria a prefeitura.

O ex-presidente da Câmara Municipal de Goiânia Marcelo Augusto é autor de uma tese que os experts em política de Goiás consideram precisa: “Iris Rezende só é candidato a algum cargo eletivo quando diz que não é. Assim, se for eleito prefeito de Goiânia, se sentirá encorpado o suficiente para disputar o governo de Goiás em 2018”.

Marcelo Augusto acrescenta: “Só que agora Iris deu com os burros n’água. Vanderlan Cardoso, do PSB, será o próximo prefeito de Goiânia. Não adianta tentar segurar o crescimento do candidato usando a margem de erro”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.