Se condenado em segunda instância, por improbidade administrativa, Vanderlan não disputa prefeitura

O presidente da PSB, Vanderlan Cardoso, dificilmente será candidato a prefeito de Goiânia. A senadora Lúcia Vânia e o deputado Marcos Abrão, seus aliados, talvez não saibam que o pré-candidato do PSB foi condenado, em primeira instância, por ter lesado o patrimônio público quando foi prefeito de Senador Canedo.

Vanderlan Cardoso repassou 550 mil reais, de maneira ilegal, para o time da Canedense e, por isso, foi condenado pela Justiça. Trata-se de improbidade administrativa. Se for condenado em segunda instância, pelo Tribunal de Justiça de Goiás, o empresário ficará inelegível por oito anos. Quer dizer, não poderá disputar eleição em 2016.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.