Se brincar, Lúcio Funaro vai denunciar até mesmo Adhemar de Barros e Kim Jong-um

Espera-se que doleiro do PMDB não denuncie os seriíssimos papa Francisco e Pedro Simon

Policiais, procuradores e magistrados certamente estão de orelha em pé: o delator Lúcio Funaro parece que abriu sua caixa de Pandora e está divulgando tantos nomes envolvidos em corrupção que dá para desconfiar. Espera-se que, nos próximos dias, não mencione o papa Francisco, Donald Trump e Kim Jong-un.

Se brincar, o doleiro começará a citar até os mortos — como Adhemar de Barros.

Deixe um comentário