Santa Terezinha de Goiás pede socorro ao secretário de Segurança, coronel Brum

Um adolescente e uma mulher foram assassinados por traficantes de drogas e há pessoas “juradas de morte” por um criminoso poderoso

Era uma vez no Centro-Oeste, diria o cineasta Sérgio Leone. O banditismo, o sistema do tráfico, está tomando conta da cidade de Santa Terezinha de Goiás. Nos últimos 15 dias, um adolescente de 17 anos e uma mulher foram assassinados (a mulher foi morta dentro de uma igreja da cidade na quarta-feira, 20) e um adolescente foi ferido e está internado em estado grave.

O tráfico de drogas está sem controle na cidade, mesmo depois da prisão do chefão Borão. Um homem que é conhecido como Ué, que seria matador do grupo de Borão, está espalhando o terror em Santa Terezinha.

Os moradores do município estão em pânico, pois há outras pessoas juradas de morte. Segundo um policial experimentado, já morreram 11 jovens de Santa Terezinha, com idade de 15 a 18 anos.

A população clama por uma visita do secretário de Segurança Pública, coronel Brum, e pela instalação de um força-tarefa de policiais militares e civis para desbaratar o tráfico na cidade e em municípios vizinhos. Antes que ocorra mais mortes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.