Ronne Cezar, pré-candidato em Quirinópolis, diz que Gilmar Alves tem condenações por improbidade

O postulante do PSD afirma que o asfalto construído pelo prefeito não dura seis meses e garante que ele não cuida do setor de saúde

O presidente estadual do PSD, Vilmar Rocha, afirma que, a partir de 2021, o município de Quirinópolis terá novo prefeito. “Será Ronne Cezar Martins, do PSD”, afirma.

Entrevistado pelo Jornal Opção, Ronne Cezar mostra-se otimista: “Vou entrar na disputa para ganhar. A política do município é pela renovação e o que a gente mais ouve nas ruas é que há um desejo de mudança generalizado”.

Ronne Cezar Martins, pré-candidato a prefeito pelo PSD em Quirinópolis | Foto: Facebook

Ronne Cezar afirma que, se eleito, vai cuidar, com extremo desvelo, da educação, da saúde e que vai trabalhar para gerar empregos e renda qualificada para os moradores do município. “A saúde não está nada bem, porque o prefeito Gilmar Alves não aprecia investir no setor. Não há nenhuma UTI nos hospitais da cidade. Outros municípios conquistaram UTIs, mas o prefeito não conseguiu nenhuma, o que tem levado os doentes com Covid-19 para outras cidades. Já morreram quatro pessoas com a doença.”

Na opinião do líder do PSD, o desenvolvimento de Quirinópolis está aquém do de outros municípios. “Se eu for eleito, vou divulgar, com o máximo de transparência, como e onde aplico os recursos públicos. Quero reunir as cabeças pensantes e administrar a cidade a partir de debates coletivos. O prefeito não pode agir unicamente com base no que pensa — precisa e deve ouvir a sociedade. O que deu certo em Maringá, por exemplo, pode ser aplicado em Quirinópolis.”

As estradas vicinais de Quirinópolis, segundo Ronne Cezar, estão sendo cuidadas pelos dirigentes das usinas. “As ruas da cidade, que ficam por conta da prefeitura, estão esburacadas. Qualquer um pode verificar que o asfalto feito pela gestão de Gilmar Alves não dura seis meses.”

Ronne Cezar afirma que, para enfrentar o político que controla a máquina pública, abriu conversações com os demais pré-candidatos. “Adiante, depois de expormos o nosso pensamento sobre como gerir o município, podemos articular uma união geral das oposições. É preciso pensar, acima de tudo, no bem comum dos moradores da cidade. Vaidade pessoal não leva a nada. Devemos pensar mais na cidade do que no próprio candidato. Tenho conversado com Soró [Dalmo Machado], Rodrigo Goulart e Nicolina Pereira. No momento, o que é importante, todos estão tentando decolar. Lá na frente, friso, a gente pode compor.”

O prefeito Gilmar Alves disse ao Jornal Opção, recentemente, que não tem condenações que possam inscrevê-lo na Lei da Ficha Limpa. Ronne Cezar contesta: “O prefeito tem duas condenações por improbidade administrativa”.

Ronne Cezar afirma que, prevendo a possibilidade de ser barrado pela Justiça Eleitoral, Gilmar estaria estudando a possibilidade de lançar seu vice, Antônio José Pereira (MDB), o Zezé, para prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.