Há quem perceba o advogado Roller como a pessoa que mais sabe lidar com polícias. Vitti articula bem na Assembleia Legislativa

Ernesto Roller, ex-secretário de Segurança Pública, e o governador Ronaldo Caiado: relação de inteira confiança | Foto: Francisco Costa

No sábado, 6, o secretário de Governo, Ernesto Roller, falando de Formosa, sua cidade, disse ao Jornal Opção que “não” havia sido convidado para assumir a Secretaria de Segurança Pública do governo de Goiás.  No domingo, 7, auxiliares do governador Ronaldo Caiado sugeriram ao jornal que o advogado “teria” sido convidado. Por vários motivos. Primeiro, por ter sido secretário de Segurança Pública no governo do Alcides “Cidinho” Rodrigues. Segundo, porque, quando secretário, era aclamado tanto pela Polícia Militar quanto pela Polícia Civil — o que não é fácil. Terceiro, pelo trânsito cordial que mantém fora do governo, por exemplo com a OAB-Seção de Goiás. “Roller sabe dialogar”, disse um coronel ao jornal. “Roller apoia a polícia”, relatou um experimentado delegado de polícia.

Ronaldo Caiado e José Vitti | Foto: divulgação

No domingo, era dado como certo que o ex-presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, empresário José Vitti, iria para o governo. O ex-deputado é cotado para assumir a Secretaria de Governo, com substituto de Ernesto Roller. José Vitti, por ter sido presidente da AL, é visto como um articulador hábil.

O governador Ronaldo Caiado, daqui a alguns dias, deve anunciar uma reforma na equipe — que tal talvez tenha sido precipitada pela crise entre Jorge Caiado, primo do governador, e pelo secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda. Por sinal, Caiado gosta dos dois — que são consideradas pessoas sérias e íntegras.

O que pode realmente acontecer? “Tudo, e inclusive nada”, respondeu, lacônico, um auxiliar do governador Ronaldo Caiado. “Ronaldo é reservado, mas gosta de pôr as pessoas certas nos lugares certos. A SSP, por exemplo, não é lugar de fazer experimentos, porque não é nada fácil lidar com as duas polícias, a Militar e a Civil. Recomenda-se, por exemplo, alguns cabelos brancos.” O que isto quer dizer? Que o novo secretário precisa ter experiência com polícia e, claro, precisa ter paciência, calma e “muita autoridade”.