O ex-prefeito de Morrinhos deve se filiar ao MDB e avalia que o deputado Célio Silveira pode fazer o mesmo

Rogério Troncoso, ex-prefeito de Morrinhos | Foto: Divulgação

“O coração Rogério Troncoso sempre foi do MDB. Hoje, o ex-prefeito de Morrinhos é totalmente ligado ao deputado federal Célio Silveira [de saída do PSDB]. Os dois tendem a caminhar juntos em 2022. Célio planeja se filiar ao MDB de Daniel Vilela, mas não descarta, por acomodação política local — o prefeito de Luziânia, Diego Sorgatto, é do Democratas —, se filiar ao DEM. Rogério tem problema local com o DEM, presidido no município por Tiago Mendonça, adversário político de pelo menos duas jornadas”, afirma um expert em política de Morrinhos. “Vale acrescentar que Rogério foi vice-prefeito, prefeito e deputado pelo MDB. Já Célio Silveira, se disputar a reeleição pelo MDB, vai obrigar Diego Sorgatto a apoiar um candidato a deputado federal pelo Democratas.”

Célio Silveira: entre a paixão, o MDB, e a razão, o partido Democratas| Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O Jornal Opção ouviu Rogério Troncoso na sexta-feira,12. “Estou sem partido e aguardando que o quadro político fique mais definido. Estamos conversando, verificando a questão dos colégios eleitorais, para não fazer bobagem [o ex-prefeito deve ser candidato a deputado estadual]. Falei com Daniel Vilela, presidente do MDB, antes da morte de Maguito Vilela. Minha filiação estava bem encaminhada. Agora, é preciso retomar as conversações. Não se sabe qual caminho Daniel vai tomar daqui pra frente. Ele vai compor com o governador Ronaldo Caiado?. Não sabemos. Ele disputando o governo, o cenário é um; se não disputar, o cenário será outro. Então, é preciso ter clareza para definir um projeto político.”

Daniel Vilela: presidente regional do MDB | Foto: Reprodução

O que o sr. avalia que Daniel Vilela vai realmente fazer? “Acredito que Daniel, até por ser presidente de um partido, e de um partido que tem história e tradição, vai ficar independente. Acho que não vai compor com Ronaldo Caiado. Vai navegar com o MDB, mas sem fazer oposição radical. Ele também vai esperar o quadro espairecer, pois não precisa ter pressa. Insisto que Daniel sempre teve uma posição independente, mesmo em relação a Iris Rezende. Ele ‘anda’ com as próprias pernas e é tão hábil quanto posicionado na articulação política. É jovem, mas tem personalidade e o MDB é um partido forte.”

Rogério Troncoso afirma que Célio Silveira não fica o PSDB. “Não sei se vai escolher o MDB ou o Democratas para se filiar. Ele está como eu — esperando que o quadro político fique mais límpido. Como se sabe, não pode sair do PSDB agora — só em 2022, com a janela partidária.”

Inquirido sobre a gestão do prefeito de Morrinhos, Joaquim Guilherme, do PSDB, Rogério Troncoso afirma que ele deu “sorte” por encontrar uma prefeitura organizada. “Ele ainda está montando sua equipe, na fase de transição.” Outra fonte corrobora: “Guilherme está seguindo os passos de Rogério. Por exemplo, está procurando manter a limpeza da cidade.”