Segundo a coluna Radar, o mandante do crime é um miliciano. Caso deve ser concluído em outubro

A coluna “Radar”, da revista “Veja”, afirma que “o caso Marielle Franco será concluído só em outubro, mas já há duas certezas na Polícia do Rio”.

Marielle Franco e Anderson Pedro Gomes | Foto: Reprodução

“Primeira: o mandante do crime é miliciano”.

“Segunda: a família Bolsonaro está limpa no caso.”

Marielle Franco e seu motorista, Anderson Pedro Mathias Gomes, foram assassinados em 14 de março de 2018, no Estácio, região central do Rio de Janeiro. A vereadora tinha 38 anos. Ele tinha 39 anos.