Raissa Lagares conclui curso de cardiologia na Beneficência Portuguesa, sob orientação de Sérgio Almeida

Filha do deputado José Nelto e da procuradora Mônica Lagares, a médica goiana vai fazer outra especialização, no Dante Pazzanese, e depois irá para os EUA, Canadá ou Inglaterra

Raissa Lagares com Sérgio Almeida e José Nelto e Marco Antônio P. Oliveira2

(Sergio Almeida, Raissa Lagares, José Nelto e Marco Antonio Oliveira, em São Paulo)

Sérgio Almeida de Oliveira é uma espécie de Pelé (ou Messi) da Medicina internacional, não apenas da brasileira. Ele faz cirurgias cardíacas no Hospital da Beneficência Portuguesa, no Hospital Albert Einstein e no Hospital Sírio-Libanês, três referências em termos de unidades de saúde altamente especializadas da América Latina. Aos 80 anos, parece um garoto de 30 anos — tais sua energia e vontade de ensinar e, sim, aprender. Nos hospitais nos quais opera, conta com tecnologia de ponta, mas o que faz a diferença é mesmo sua capacidade operatória, seu conhecimento médico. Na terça-feira, 2, Sérgio Almeida, como chefe da residência em Cardiologia da Beneficência Portuguesa, em São Paulo, contribuiu para formar mais uma turma de cardiologistas. Entre eles a goiana Raissa Costa Barcelos Lagares, de 26 anos.

Raissa Lagares e Sérgio Almeida 1283ebf4-cd2a-4ff2-af46-35cadd917f25

(Raissa Lagares e Sérgio Almeida: cardiologistas)

Como residente, Raissa Lagares integrou a equipe de Sérgio Almeida e esteve por um breve período nos Estados Unidos. É avaliada pelo médico como “estudiosa, dedicada e responsável”. É tida como uma pessoa “reservada” e uma profissional “observadora” e “cooperativa”. Os estudos estão, para ela, sempre em primeiro lugar. Aprecia manter-se atualizada, saber tudo sobre cardiologia — o que se fez, o que se está fazendo e o que se está preparando para fazer.

José Nelto e Raissa Lagares e Mônica Lagares 12650867_1678634645717969_6637742783880694773_n

(Deputado José Nelto, cardiologista Raissa Lagares e Mônica Lagares, em São Paulo)

Recentemente, a médica Raissa Lagares foi aprovada — a concorrência foi de 30 médicos por vaga — para a especialização em Arritmologia no respeitado Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. Enquanto estiver fazendo o curso, deverá dar plantão nos grandes hospitais de São Paulo.

Terminada a especialização, Raissa Lagares deve passar pelo menos um ano num grande centro de cardiologia dos Estados Unidos, do Canadá ou da Inglaterra. Ela é fluente em inglês e, sobretudo, tem recomendações positivas de cardiologistas renomados, como Sérgio Almeida.

Terminada a formatura, o deputado José Nelto e a procuradora da Prefeitura de Goiânia Mônica Lagares, pais de Raissa Lagares, conversaram com Sérgio Almeida. Como sabe que são de Goiânia, o médico perguntou pelo diretor responsável do Jornal Opção, Herbert Moraes. O jornalista e economista foi operado por Sérgio Almeida, na Beneficência Portuguesa, em 1996 — há 20 anos.

“Quero comer frango e arroz com pequi com o jornalista Herbert Moraes em Goiânia”, disse Sérgio Almeida. “Mas não quero repetir o ex-senador Saturnino Braga, que, encantado, mordeu um pequi e ficou com a língua cheia de espinhos”, acrescentou, rindo, o médico.

[As fotografias são da família Lagares]

4 respostas para “Raissa Lagares conclui curso de cardiologia na Beneficência Portuguesa, sob orientação de Sérgio Almeida”

  1. Helsoni Rocha disse:

    Parabéns! um orgulho de tds nós goianos.

  2. Lázaro Vilela de Souza disse:

    Dia 6 deste mês de outubro faz 20 anos que fui operado pelo Dr. Sérgio de Almeida, no INCOR. Válvula aorta, biológica. Pelos últimos exames (ecocardiograma etc repetidos de 6 a 8 em 8 meses) está tudo bem! Tenho 74 anos, e embora aposentado como Professor da UFG (em Goiânia) continuo trabalhando muito na profissão de advogado, com muitas viagens e intensa atividade. Muito devo ao Dr. Sérgio de Almeida, este brilhante cirurgião! Deixo aqui, a ele E sua Equipe meu MUITO OBRIGADO!!!

    • Josiany disse:

      Lazaro você trocou a valvula com o Dr. Sergio ? eu operiei com ele em 1980 aos 10 anos . sou de BH; agora preciso trocar a valvula. queria contacta-lo novamente . você fez troca de valvula de peito aberto ?
      grata Josiany amarante

  3. Renato César Cardoso Oliveira disse:

    Dr. Sérgio Almeida, grande Cirurgião e Professor. Salvou minha vida duas vezes. em 1992 implantou em mim uma válvula aórtica biológica. A qual teve que ser trocada em 2004. Colocou-se uma Metálica. Já fazem 14 anos, hoje toco bateria em uma banda de rock, a qual demos o nome de Mira 21, o nome da nova válvula. Que esse mestre tenha uma vida longa! E obrigado por me dar uma vida nova! Renato César Cardoso Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.