Mundo moderno: 47,3% das matrículas da rede pública estadual de educação foram feitas por smartphones e iPads. Antes, prevaleciam os computadores de mesa.

A informação é da secretária da Educação, Raquel Teixeira.