PTB reúne-se com líderes de 4 partidos pra discutir reformatação de chapa majoritária

O partido liderado por Jovair Arantes está com um pé dentro e um pé fora da base governista. O que está fora começa a puxar o que está dentro

Nárcia Kelly, Jovair Arantes, Demóstenes Torres, Henrique Arantes e Paulinho Rezende (é do PSDB): PTB quer participar de uma chapa majoritária em 2018, com a preferência sendo dada à base governista

A cúpula do PTB terá um encontro com líderes de cinco partidos — como PSD e PR — na quinta-feira, 12,  no horário do almoço, para discutir a sucessão para governador e senador em Goiás. O presidente do PTB, deputado federal Jovair Arantes, e o ex-senador Demóstenes Torres estarão presentes.

O PTB está rebelado, pois teve um de seus principais integrantes, o procurador de justiça Demóstenes Torres, rejeitado pela base governista para o cargo de senador. Uma vaga estaria aberta para o procurador de Justiça disputar mandato de deputado federal.

Embora não esteja rebelado, o PR terá representante no encontro. O presidente do PSD, Vilmar Rocha, que estará presente, vai sugerir uma mudança geral na chapa majoritária da base governista — o que, à altura da disputa (ou pré-disputa), é praticamente impossível.

O PTB planeja sair da base governista, caso não emplaque Demóstenes Torres na chapa majoritária. Está com um pé dentro e um pé fora. O que está fora começa a puxar o que está dentro.

3
Deixe um comentário

3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
RONALDO CAVALCANTE

A base de Zé Eliton está desfacelando, Pros Lincoln Tejota Vice de Caiado 80 pré candidatos a Deputados Estaduais do Pros, Prefeitas do PSDB, agora o PTB de Jovair e Demostenes. E o Caiado só crescendo Wilder Morais e Kajuru, José Nelto, Alvaro Guimarães, Iso Moreira, FAUSTO PREFEITO DE TURVANIA, ADIB PREFEITO DE CATALÃO, RENATO PREFEITO DE GOIANESIA, PREFEITO DE PILAR SAVIO SOARES E PREFEITO DE RIO VERDE.

Luciano Almeida

Em 1986 a candidatura de Henrique Santillo – paradoxalmente – acabou fortalecida quando parte significativa do então PMDB deixou o partido para apoiar Mauro Borges; os que sairam mais atrapalhavam do que ajudavam: o distanciamento daqueles notórios individualistas, carreiristas e oportunistas ajudou a consolidar a imagem idônea do candidato, avesso a conchavos bizarros, e contribuiu à vitória. Parece-me que também José Eliton será beneficiado pelas decisões oportunistas desses que abandonam antigos aliados em busca de vantagens.

João Machado

Joviair é uma decepção. Interesseiro e faz sempre jogo duplo. Votei nele e me arrependo. Caiado representa o atraso com seu discurso velho e obsoleto. É a imagem do carrancudo, é do tempo da lamparina ainda. Eleger esse nome é dar milhares de Passos atrás na era da modernidade. Socorro! Estamos perdidos.