PTB de Roberto Jefferson quer bancar Damares Alves pra governadora do Distrito Federal

O presidente do PTB solicitou o apoio de Bolsonaro, que pediu tempo. Porque ele e a ministra devem se filiar no mesmo partido

Roberto Jefferson e Jair Bolsonaro: companheiros para 2022 | Foto: Reprodução

O presidente do PTB, Roberto Jefferson, quer bancar a ministra Damares Alves para governadora (ou senadora) do Distrito Federal.

Uma pesquisa, mantida sob sete chaves, sugere que Damares Alves tem força eleitoral em Brasília — cidade onde as correntes evangélicas são fortes. Ela tem condições de derrotar tanto o governador Ibaneis Rocha quanto os senadores Izalci Lucas (PSDB) e Leila do Vôlei (PSB).

Roberto Jefferson procurou o presidente Jair Bolsonaro para conversar sobre a filiação de Damares Alves. O presidente, que apoia uma possível candidatura da ministra, pediu tempo.

Damares Alves e Jair Bolsonaro: companheiros para 2022 | Foto: Reprodução

Bolsonaro sublinhou que Damares Alves só vai definir seu destino político depois que o próprio presidente definir em qual partido vai se filiar.

Roberto Jefferson convidou Bolsonaro para se filiar ao PTB. A ressalva é que o presidente quer um partido para chamar de seu, com controle absoluto — o que não teria no PTB.

O mesmo está ocorrendo no PSL. Bolsonaro pediu o afastamento de três deputados, mas o presidente do PSL, Luciano Bivar, se recusa a afastar ao menos um deles. O parlamentar também não aceita que o presidente tenha controle absoluto do partido.

Há quem aposte que Damares Alves pode ser a vice de Bolsonaro em 2022. Ela é terrivelmente evangélica e conservadora. Mas, se o presidente estiver bem, o centrão vai lutar para indicar o vice.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.