PT vai lançar empresário para enfrentar Renato de Castro e Jalles Fontoura em Goianésia

Emerson da Autovip, Carlos do Itapuã e Gibrail da Farmácia podem ser as surpresas eleitorais do pleito de 2020, quebrando a polarização política tradicional

Carlos do Itapuã, empresário, e Antônio Gomide, deputado estadual: o primeiro é o nome do do PT para prefeito de Goianésia | Foto: Facebook de Carlos do Itapuã

Cidade mais rica e populosa do Vale do São Patrício, Goianésia tem uma tradição de administradores eficientes — como Gilberto Naves (MDB), Otavinho Lage (PSDB) e Jalles Fontoura (PSDB). O prefeito Renato de Castro (MDB) é considerado um gestor mediano — nem ótimo nem ruim.

Renato de Castro e Jalles Fontoura: favoritos, tanto pela história quanto pela estrutura político-financeira de ambos | Foto: Jornal Opção

No momento, segundo pesquisas, Renato de Castro é o favorito. Mas, se o nome de Otavinho Lage é incluído, cai para o segundo lugar. Porém, a inclusão do nome de Jalles Fontoura, irmão de Otavinho, não retira a liderança do prefeito. Fala-se, na cidade, que Otavinho é um administrador hors concours.

Emerson da Autovip: novidade na política de Goianésia | Foto: Facebook de Emerson da Autovip

Um aliado de Renato de Castro garante que ele disputa a reeleição pelo MDB. Mas o presidente do MDB local, Giovani Machado Gonçalves, não está rompido com o prefeito? “Tudo pro forma. A prova de que não estão rompidos é que Giovani pediu a nomeação de uma filha, Marília Gonçalves, para o cargo de secretária do prefeito Renato. E o prefeito a nomeou”, afirma o renatista.

Marcos Vinicius, médico e vereador em Goianésia | Foto: Reprodução

Jalles Fontoura tenta uma composição com o MDB do ex-prefeito Gilberto Naves e da ex-deputada estadual Mara Naves. Há duas apostas. Primeiro, Jalles poderia bancar Mara Naves para prefeita — o que impediria a candidatura de Renato de Castro pelo MDB e, ao mesmo tempo, enfraqueceria a tentativa de reeleição do prefeito. Segundo, Mara Naves poderia ser vice de Jalles. A ressalva é que tanto Gilberto quanto Mara Naves têm dito que estão fora do jogo político.

Gibrail da Farmácia está articulando um novo grupo político | Foto: Reprodução

O empresário Emerson Alves, conhecido como Emerson da Autovip (PSC), está procurando ampliar sua estrutura com o objetivo de disputar a prefeitura. Ele afirma que não vai recuar e não aceita ser vice. O empresário Carlos Veículos (DEM, mas de saída) planeja se candidatar. Vice-prefeito, rompeu com Renato de Castro, chegando a denunciá-lo.

Há dois fatos novos. Primeiro, o PT deve lançar o empresário Carlos do Itapuã. A próxima presidente do PT, Kátia Maria, esteve em Goianésia com o objetivo de articular sua candidatura. Segundo, o empresário Gibrail “da Farmácia” Elias (PL), dos ramos farmacêutico e imobiliário, está organizando um grupo com o objetivo de disputar a prefeitura.

O vereador e médico Marcos Vinicius Nunes da Silva, do MDB, também articula para disputar a prefeitura, mas esbarra na candidatura natural de Renato de Castro. Ele foi o vereador mais votado na eleição de 2016. É apontado como um dos políticos mais populares de Goianésia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.