PT pode apostar em Edward Madureira, reitor da UFG, para governador de Goiás

O doutor em Agronomia se desfiliou do partido. Mas um ex-deputado e um ex-vereador acreditam que, se convidado, ele pode enfrentar o pleito

No sábado, 15, o Jornal Opção conversou com um ex-deputado e um ex-vereador do PT, com bases ainda sólidas em Goiânia. Os dois disseram que o PT não planeja lançar candidato a governador em Goiás em 2022, porque a prioridade é a eleição de Lula da Silva para presidente da República.

Mas o ex-deputado ponderou: “Há um ressalva. Se, de repente, não conseguimos fazer uma coligação, aí teremos de lançar candidato a governador”. O candidato, então, seria Kátia Maria? “Não. O melhor candidato, inclusive com possibilidade de tornar competitivo, é o reitor da Universidade Federal de Goiás, Edward Madureira.”

Edward Madureira Brasil, reitor da UFG | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

O repórter ponderou: “Mas Edward Madureira se desfiliou do PT”. O ex-vereador diz que o doutor em Agronomia se desfiliou para disputar mandato de reitor da UFG. “Acredito que, se o PT o convocar, se Lula da Silva convidá-lo para disputar, Edward, um político progressista, certamente poderá ser o nosso candidato a governador. E aposto que será um postulante realmente competitivo. Sua volta à política poderia contribuir para enfraquecer o presidente Jair Bolsonaro — ‘inimigo’ da Educação — em Goiás.”

A UFG terá eleição para reitor este ano, mas Edward Madureira não será candidato. Em 2014, ele foi candidato a deputado federal pelo PT e obteve excelente votação — sobretudo para um marinheiro de primeira viagem —, ainda que não tenha sido eleito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.