PSDB deseja lançar delegado que é presidente do Goianésia para prefeito

Nome de Marco Antônio Maia ganha força depois que sondagens à ex-deputada Mara Naves não evoluíram, mas ele ainda não se decidiu

Marco Antônio: delegado é sondado pelo PSDB | Foto: reprodução

Com a família Lage fora do páreo, ao menos com presença pessoal em uma chapa, o PSDB procura um nome para enfrentar o prefeito Renato de Castro (MDB). A ideia dos tucanos de apoiar a ex-deputada Mara Naves, que é do partido do prefeito, esfriou nas últimas semanas, pois ela e o marido, o ex-prefeito Gilberto Naves, têm relutado em coloca-la na disputa.

Os tucanos já têm o candidato preferido: o delegado Marco Antônio Maia, que também é o presidente do Goianésia Esporte Clube. Jovem, o policial civil tem identificação com os moradores do município. Foi responsável pela reforma da Delegacia Regional e atua na linha de frente das investigações.

No futebol, conseguiu bons resultados para a equipe local. Na recente transferência do jogador Michael, do Goiás para o Flamengo, se posicionou em defesa do Goianésia, time que revelou o atacante, na questão relacionada aos direitos federativos.

Marco Antônio teria o aval de Jalles Fontoura e Otavinho Lage – este, se desejasse se candidatar, seria ungido pelos tucanos automaticamente. Contudo, uma coisa tem atrapalhado: alguns membros do PSDB acreditam que falta ao delegado mais ímpeto em assumir um posicionamento político-partidário.

A política em Goianésia, pujante município do centro goiano cuja economia é baseada no setor sucroalcooleiro, passa por um momento conturbado. Há focos de resistência a Renato de Castro mesmo no MDB – ele, inclusive, chegou a acenar com a possibilidade de desistir da reeleição para apoiar Mara Naves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.