PSDB corre risco de ter apenas três nomes competitivos para deputado federal em 2018

Giuseppe Vecci, Jean Carlo e Tayrone di Martino são os nomes mais cotados, se Célio Silveira e Fábio Sousa deixarem o partido

O PSDB elegeu seis deputados federais em 2014: Giuseppe Vecci. Waldir Delegado Soares, Célio Silveira, Alexandre Baldy, Fábio Sousa e João Campos. Uma bancada satisfatória.
Porém, três anos depois, o partido só tem a metade dos parlamentares, Giuseppe Vecci, Célio Silveira e Fábio Sousa. Delegado Waldir (PR), João Campos (PRB) e Alexandre Baldy (Podemos e, agora, possivelmente o PP) saíram.

O PSDB pode perder mais dois deputados. Fábio Sousa está com as malas prontas — só não fechou o zíper — para se filiar ao Livres. Célio Silveira é a aposta do PP. Sobraria um deputado, Giuseppe Vecci, o presidente do partido.

Para a disputa de 2018, o PSDB está com dificuldade para montar chapas consistentes tanto para deputado estadual — o chapão, se houver, é tachado de “globo da morte”, tal a possibilidade de ter uma boa votação, mas não se conseguir ser eleito — quanto para deputado federal. Há dois nomes novos: o deputado Jean Carlo, filiado ao PHS (mas de saída), e o secretário de Governo, Tayrone di Martino, que conta com o apoio da Igreja Católica e do prefeito de Trindade, Jânio Darrot. São políticos consistentes, mas, se a chapa não for fortalecida, os dois correm o risco de trabalharem para eleger apenas Giuseppe Vecci. Jean Carlo, por sinal, pode se filiar ao PROS, pelo qual teria mais facilidade de ser eleito, numa parceria com Lincoln Tejota.

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Wender de Oliveira

O jornal se engana quando diz, que o PSDB, só tem esses nomes citados na reportagem com condições de serem eleitos a câmara Federal. Professor Alcides Ribeiro é outro postulante com reais condições de ser eleito deputado federal. Com um trabalho muito forte em Aparecida e Goiânia, sem contar cidades do interior como Morrinhos, Ceres, Piracanjuba, Pires do Rio, dentre várias outras, professor Alcides, vem para brigar pela as primeiras vagas do partido nas próximas eleições.

Renatinho

Acho que não observaram mais amplamente o cenário, há outros nomes competitivos no PSDB como Professor Alcides que sai de uma cidade com quase 300 mil eleitores (sendo o ÚNICO candidato a dep. Federal da cidade), conta com uma estrutura que poucos possuem, além de estar trabalhando há mais de 2 anos sua pré candidatura! Sugiro que façam uma pesquisa, se ele não tiver ao mínimo 20% dos votos de aparecida eu pago a coca cola (rsss), e tem mais, ele conta com frente de trabalho consolidada em mais outros 38 municípios! Pode ser a surpresa eleitoral!