PSDB aposta em Fábio Soares para prefeito de Itaberaí

Presidente do PSDB estadual, Jânio Darrot frisa que Fábio Soares tem experiência como gestor e pode ser a surpresa do pleito

Com Wellington Baiano (DEM) e Janayna Wolpp (PSC) já no octógono da política, pode estar surgindo o candidato da terceira via.

O presidente estadual do PSDB, Jânio Darrot, declarou na quarta-feira, 21, que o partido aposta na pré-candidatura de Fábio Soares para prefeito de Itaberaí. Pepista histórico e aliado de Marconi Perillo e José Garrote desde sempre, Fábio Soares assumiu o PSDB local para fortalecer a legenda, que sofria os efeitos do repentino abandono de um de seus principais líderes na cidade, o suplente de deputado federal, Jean Carlo, que se filiou ao DEM do governador de Goiás, Ronaldo Caiado.

Fábio Soares e Jânio Darrot: o presidente do partido percebe no tucano uma alternativa consistente para a Prefeitura de Itaberaí | Foto: Divulgação do PSDB

Jânio Darrot justificou a escolha, após analisar duas pesquisas qualitativas, com dois marqueteiros distintos, e encontrar “uma avenida” para Fábio Soares chegar ao comando do Executivo de Itaberaí no pleito de 15 de novembro. “Ao contrário de 2018, ocasião em que as ‘novidades’ foram escolhidas pelo desgaste que a classe política acumulou junto aos cidadãos, este ano temos razões sólidas para acreditar que, por conta da pandemia e pela gestão desastrosa de alguns novatos, os eleitores, receosos, irão apostar em um ‘porto seguro’ para comandar seus municípios nos próximos quatro anos”, analisa o prefeito de Trindade.

“Estamos incentivando Fábio Soares a aceitar o desafio de ser prefeito de Itaberaí por ter uma experiência que nenhum outro postulante em Itaberaí possui”, alega o presidente estadual do PSDB. “Comandou o Igap (hoje Agrodefesa) no primeiro governo Marconi, ocasião em que Goiás tornou-se zona livre da aftosa e passou a exportar milhares de toneladas de carne para o Europa, Oriente, Ásia e Estados Unidos; foi ‘controller’ da presidência na antiga Celg e assessor da presidência da Celg GT; diretor do Senar em Goiás; e teve assento no Conselho de Desenvolvimento do FCO”, pontua Jânio Darrot. “Entre os postulantes, há algum porto seguro melhor para Itaberaí do que Fábio Soares?”, questiona. “Por este e outros fatores, vejo grandes chances de vitória do nosso pré-candidato.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.