PSD e PP reforçam agenda em busca de viabilização pela candidatura para Senador

Meirelles e Baldy usaram a última semana para realizar encontros com lideranças e cabos eleitorais em Goiás; É a busca por se reconectarem com eleitoral goiano

Coincidentemente dois auxiliares do governador João Dória trabalham para se lançar candidato ao Senado por Goiás. O presidente regional do Progressistas, Alexandre Baldy, já foi se desligou do cargo de Secretario de Transportes Metropolitanos de São Paulo. Henrique Meirelles (PSD), secretário de Fazenda e Planejamento de São Paulo, ainda não deixou o cargo.

A corrida para viabilizar a candidatura ao Senado, fez com que progressistas e pessedistas se adiantassem e movimentassem suas agendas em Goiás, afinal, ambos estão descolados de seus eleitores.

A estratégia dos dois candidatos são similares. Ambos tem promovido encontros com prefeitos, vereadores, lideranças da classe empresarial, além de dedicarem parte da agenda para imprensa.

Baldy esteve em Anápolis na última semana. Falou com prefeito e vereadores da cidade. Durante toda sua agenda, foi procurado por lideranças que sabem que partido trabalha para chegar com uma chapa forte de deputados em 2022. Quem vai liderar essa escolha será Baldy.

Meirelles ficou em Goiânia, mas no hotel onde esteve hospedado a movimentação política foi intensa. Muitos prefeitos, presidente de partidos e imprensa circulavam pelo hall – todos com horário marcado com o ex-ministro.

É visível que ambos querem consolidar a candidatura na chapa que busca reeleger Ronaldo Caiado (União Brasil). Eles querem mostrar prestígio e força para agregar lideranças e puxadores de votos. Como se vê, há muita similaridade entre os pré-candidatos, que buscam definições para 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.