“Gustavo fala do seu projeto vitorioso de 2020, mas se esquece do principal: sem 2016, quando foi bancado por Maguito Vilela e Daniel Vilela, não existiria 2020”

Frase de um emedebista histórico, ligado ao ex-governador de Goiás Maguito Vilela: “O objetivo principal do prefeito de Aparecida de Goiás, Gustavo Mendanha, não é ganhar o governo de Goiás, mas sim ‘atropelar’ o presidente do MDB, Daniel Vilela, e contribuir para reduzir o peso do legado de Maguito Vilela em Goiás. Veja: Mendanha já foi eleito e reeleito prefeito da segunda maior cidade do Estado e, mesmo assim, não quer bancar o projeto de seu partido e dos seus apoiadores de sempre. Outra coisa: Gustavo fala do seu projeto vitorioso de 2020, mas se esquece do principal: sem 2016, quando foi bancado por Maguito Vilela e Daniel Vilela, não existiria 2020”.

Maguito Vilela com seus dois herdeiros políticos: Gustavo Mendanha, prefeito de Aparecida de Goiânia, e Daniel Vilela (filho), presidente do MDB | Foto: Reprodução

O emedebista diz que, por enquanto, vai omitir seu nome. “Por respeito ao Léo Mendanha, de quem fui amigo durante anos”.

Léo Mendanha, pai de Mendanha, faleceu há pouco tempo. “Léo Mendanha não traía”, afiança o emedebista.