Presidente do DEM culpa Fayad e Semi Gidrão por confecção de propaganda pró-Caiado

O vereador Breno Leite Santos afirma que a responsabilidade pela produção de material de propaganda político-eleitoral não é de responsabilidade da cúpula do partido

Breno Leite Santos é presidente do DEM de Jaraguá

Após o Ministério Público de Goiás (MP-GO) chegar a uma gráfica clandestina, na cidade de Jesúpolis, usada para imprimir material de campanha do pré-candidato a deputado estadual Guilherme Fayad e do pré-candidato ao governo de Goiás, Ronaldo Caiado, o presidente do Democratas de Jaraguá, Breno Leite, usou as redes sociais para dar a versão do partido sobre o escândalo eleitoral.

Na nota, o dirigente culpa Fayad e o jornalista Semi Gidrão. Confira abaixo:

Nota de esclarecimento

Breno Leite Santos

“O presidente do Democratas de Jaraguá, vereador Breno Leite, vem de público esclarecer que a produção de materiais gráficos publicitários de autopromoção do ex-presidente do PSDB e PSD e agora recém-filiado ao DEM de Jaraguá Guilherme Rios Fayad (pré-candidato a deputado estadual) em conluio com jornalista Semi Gidrão confeccionados em máquina gráfica de propriedade deste último em estrutura predial que receberam por CONCESSÃO PÚBLICA em regime de COMODATO do povo de Jesupolis através da Câmara Municipal que aprovou e da Prefeitura que concedeu este imóvel com única finalidade de gerarem ali empregos  num arranjo produtivo de calçados é de completa responsabilidade de ambos e que estas condutas, denunciadas como uso de concessão pública para prática de Crime eleitoral e propaganda extemporânea pelo MP, não eram de ciência do Democratas de Jaraguá, nem do Diretório Estadual do Partido e tão pouco do Senador Ronaldo Caiado. Além de repudiar atos que ferem a legislação assim, estamos encaminhando as denúncias do MP ao Conselho de ÉTICA do partido para uma sindicância em que terão amplo direito de defesa, mas que se comprovado o crime eleitoral e o prejuízo ao povo de Jesupolis, deverão ser os dois Filiados severamente punidos de acordo com o nosso estatuto do DEMOCRATAS, afinal, atos criminosos isolados, à completa revelia da direção partidária, que ferem gravemente não só a esperança por emprego do povo de Jesupolis, mas a Constituição Federal e a Legislação Eleitoral não podem ficar impunes, tão pouco macular a conduta ilibada  do nosso Senador Ronaldo Caiado que sempre pautou sua vida pública pela ética e correção.”

Jaraguá, 05 de Julho de 2018.

Breno Leite Santos é presidente do DEM de Jaraguá.

Deixe um comentário