O emedebista Gilmar Alves garante que “não” recua e que seus processos não impedem sua candidatura a prefeito

O prefeito de Quirinópolis, Gilmar Alves, é uma das estrelas do MDB no interior de Goiás e é apontado como um gestor eficiente. Ante a história de que poderia recuar da disputa da reeleição, o Jornal Opção ligou para o gestor municipal.

Gilmar Alves, prefeito de Quirinópolis | Divulgação

Gilmar Alves foi peremptório: “Não há recuo algum. Sou candidato à reeleição”. Ao ser abordado pelo repórter, o prefeito disse que era a primeira vez que ouvia o assunto, ou seja, de que poderia não disputar o pleito.

“O que sei é que tem gente que não quer que eu dispute, sobretudo não quer me enfrentar”, afirma Gilmar Alves. “O fato é que tenho processos, como qualquer gestor público. Mas nenhum por enriquecimento ilícito ou por ter dado prejuízo ao Erário. Noutras palavras, não há processos que poderiam me inscrever na Lei da Ficha Limpa. Portanto, vou disputar a eleição.”