O deputado federal Ronaldo Caiado disse ao Jornal Opção que o prefeito de Goiatuba, Fernando Vasconcelos (PMDB), estaria sendo pressionado a apoiar à reeleição do governador Marconi Perillo. Ele teria sido cooptado à força.

Ouvido por dois tucanos, o prefeito não confirmou as pressões. Pelo contrário, demonstrou entusiasmo com as candidaturas de Marconi a governador e de Giuseppe Vecci a deputado federal e nenhum ânimo com o candidato do PMDB, Iris Rezende.

Não é a primeira vez que Fernando Vasconcelos contesta as opiniões de Caiado. Ele tem sugerido que o deputado democrata pare de falar em seu nome, porque não é seu porta-voz.

Como não pertence ao PMDB, Caiado não é capaz de perceber uma espécie de fadiga de material que há em relação a Iris. Os peemedebistas se dizem cansados de trabalhar para Iris e, quando são candidatos a prefeito e vereador, não são apoiados por ele.