PP agora é Progressistas. O senador Wilder Morais é um dos apóstolos da mudança

A sigla PP desapareceu. Internamente, os integrantes do partido já se chamavam de progressistas

O senador Wilder Morais (um empreendedor), de Goiás, participou diretamente da mudança e da escolha do novo nome de seu partido. O PP agora ganhou um nome mais sintético — Progressistas.

A sigla PP deixa de existir, como no caso do Podemos, ex-PTN. “Nas entrevistas, nos discursos, era confundido o som com o do PT e outras”, explica o senador.

Internamente, os filiados já se tratam por progressistas, agora oficializado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.