Em Pires do Rio, há os dois candidatos mais competitivos, porém Cida Tomazini, por ter experiência pública, aparece como favorita

Cida Tomazini: candidata pelo Podemos | Foto: Reprodução

O Jornal Opção perguntou a dois políticos experimentados porque a empresária Cida Tomazini, do Podemos, é a favorita para prefeita de Pires do Rio.

Os dois disseram praticamente a mesma coisa: os eleitores do município querem eleger, desta vez, uma pessoa que tenha experiência política e administrativa. Cida Tomazini integra um clã que administra um império na cidade. Ao mesmo tempo, já foi prefeita e teria sido eficiente.

Hugo do Latícinio, candidato pelo Avante | Foto: Divulgação

Em 2016, os eleitores quiseram dar um basta no poderio dos Tomazini e decidiram derrotar Cida Tomazini — elegendo Cleide Aparecida Veloso da Costa, a Cleide do Gulas (Democratas), uma candidata popular. Os políticos consultados frisam que Cleide Gulas é bem intencionada, mas não conseguiu administrar a cidade, deixando a desejar, por isso os eleitores querem trocá-la por alguém que tenha experiência comprovada.

O empresário Hugo do Laticínio (Hugo Sérgio Batista), que aparece em segundo lugar nas pesquisas, é reconhecido como gestor eficiente. Mas não tem experiência com gestão pública, que é muito diferente da gestão privada. Ao mesmo tempo, não tem experiência política. Falta-lhe contato com os políticos do Estado. Seu partido, o Avante, não tem nenhum deputado federal e nenhum deputado estadual.

Cleide do Gulas: prefeita de Pires do Rio | Foto: Reprodução

Cida Tomazini foi prefeita, integra uma família de empresários bem-sucedidos e mantém relacionamento político com parlamentares, como o deputado federal José Nelto. Ela sabe o que fazer — como conquistar recursos por intermédio de emendas e outras maneiras.

Os políticos sugerem que Hugo do Laticínio tem de fazer política em tempo integral, e não apenas no período eleitoral. Mas admitem que o postulante do Avante cresceu bem e se tivesse mais estrutura poderia enfrentar, de maneira mais firme, a força política e financeira dos Tomazini. Ele tem de se colocar, desde já, como alternativa política para 2024.

Mas, como ninguém ganha eleição por antecipação, cabe a Hugo do Laticínio continuar trabalhando muito. Afinal, a maioria dos eleitores define o voto nos 15 dias que antecedem a votação.

Demais candidatos: Amélia Móveis (Maria Amélia de Araújo), do PSD, Dr. Hamilton (Hamilton Roseiro Rodrigues da Cunha), da DC, Rodriguinho da Shopcar (Rodrigo Gonçalves) e Sargento Paulo César (Paulo César Gonçalves de Melo).