PMB expulsa a vereadora Sabrina Garcez

A parlamentar contrariou o partido e não quis apoiar Ronaldo Caiado para governador

Suêd Haidar Nogueira, Ronaldo Caiado e Rosi Guimarães: aliança que selou expulsão da vereadora goianiense Sabrina Garcez  dos quadros do PMB

O Diretório Nacional do Partido da Mulher Brasileira expulsou a vereadora Sabrina Garcez, de Goiânia, de seus quadros, na terça-feira, 3. Mas o PMB decidiu não tentar retomar seu mandato. O documento de expulsão está assinado pela presidente nacional do partido, Suêd Haidar Nogueira.

Vereadora Sabrina Garcêz, ex-PMB| Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

A presidente do PMB em Goiás, Rosi Guimarães, afirma que Sabrina Garcez impôs: ou o partido ficava com ela ou com Ronaldo Caiado. O PMB preferiu apoiar a candidatura do senador do DEM a governador. “A vereadora não ‘fechou’ com os ideais do partido”, frisa Rosi Guimarães. “Perdemos uma liderança, mas estamos construindo o PMB com aqueles que são livres para crescer com o partido.”

A vereadora, por sua vez, nega que tenha feito qualquer exigência e que nem sequer houve uma reunião com Rosi.

Sabrina Garcez apoia o vice-governador de Goiás, José Eliton, para governador e o governador Marconi Perillo para senador.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Júlia Salomao

Tô Beje…