PL nacional pode atropelar Magda Mofatto e apoiar Caiado em Goiás

Valdemar Costa Neto “ama” a parlamentar, mas está desconfiado que, se depender dela, o PL pode não eleger nenhum deputado federal no Estado em 2022

O poderoso chefão do PL nacional, Valdemar Costa Neto, não brinca em serviço. Quando quer fazer um ajuste nos diretórios estaduais e municipais, não hesita um minuto e derruba e troca qualquer um de seus aliados — se contrariarem suas decisões.

Valdemar Costa Neto: o chefão pode sacrificar qualquer um que contrariar seus interesses | Foto: Reprodução

Em Goiás, as relações de Costa Neto com a deputada Magda Mofatto são as melhores possíveis. Eles são amigos e, portanto, se apreciam. Publicamente, o líder do PL, aliado do presidente Jair Bolsonaro, jamais dirá que pode atropelar a parlamentar. Pelo contrário, dirá que a respeita e, por isso, ela continuará no poder custe o que custar.

Na prática, não é bem assim. Se o presidente Jair Bolsonaro e o governador Ronaldo Caiado estiverem no mesmo palanque em 2022, a tendência é que, sim, Costa Neto atropele a deputada e banque a reeleição do líder do Democratas.

Magda Mofatto, deputada federal: empresária séria e competente, mas, comenta-se, “não” trabalha para fortalecer o PL | Foto: Divulgação

Costa Neto teria confidenciado a um aliado que está examinando a situação do PL em todos os Estados, pois o partido valoriza, e muito, a questão do número de deputados em Brasília. Porque a força do partido, junto ao governo federal, decorre do número de parlamentares (deputados e senadores). O fundo partidário e o fundo eleitoral, além do tempo de televisão no horário gratuito, pode ser maior (ou menor) dependendo do número de deputados.

Pois, ao examinar o quadro de Goiás, Costa Neto — que, repetindo, não fala disso publicamente (se perguntado, dirá que “ama” Magda Mofatto) — tem demonstrado preocupação. Como as coligações partidárias proporcionais não devem passar, o PL em Goiás, até agora com uma única candidata, Magda Mofatto, tende a não eleger nenhum deputado em 2022.

Há quem avalie que Magda Mofatto — empresária vencedora e séria — não joga para o partido, e sim para si mesma. Por isso, até o momento, o PL não tem candidatos a deputado federal em Goiás — exceto ela. Entretanto, se Ronaldo Caiado ajudar a fortalecer a chapa do PL, com o objetivo de eleger deputados, a tendência é que Costa Neto coloque o partido no seu palanque, à revelia da parlamentar.

Portanto, como diz um ex-deputado, que conhece bem Costa Neto, “Magda Mofatto que não pague para ver”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.