Petista comanda suposto Gabinete do Ódio de Mendanha?

Um jornalista de Aparecida de Goiânia garante que o Gabinete é operado por um petista e dentro da prefeitura

A redação recebeu uma mensagem de um jornalista que trabalha em Aparecida de Goiânia:

“O prefeito Gustavo Mendanha não é o responsável direto, mas, na Prefeitura de Aparecida de Goiânia, está funcionando uma espécie de Gabinete Ódio para atacar adversários políticos e jornalistas. Quando sai uma reportagem que desagrada a equipe do gestor municipal, tal Gabinete sai a campo produzindo respostas imediatas, geralmente ‘anônimas’ e com vários nomes diferentes (e fakes), tanto nos sites dos jornais quanto no Instagram. A ordem é a seguinte: esboçar respostas com ataques contundentes, sugerindo que as reportagens são ‘fake news’. O Gabinete é gerido por um integrante do PT.”

Pintura “Alienação”, de Flávio Gadêlha | Foto: Reprodução

O jornalista sugere que se faça uma investigação de onde estão partindo as comunicações do Gabinete do Ódio. “Não será difícil descobrir quais as pessoas que estão postando as diatribes na internet e de onde estão postando.”

Não dá para acreditar que o secretário de Comunicação da Prefeitura de Aparecida de Goiânia, Ozéias Laurentino, de fato do PT — uma das boas referências do partido na cidade, inclusive por sua moderação —, é o comandante de um Gabinete do Ódio. Ele é um jornalista diplomático, pacífico e decente. É possível que a mensagem do jornalista seja mais uma das lendas urbanas que correm por aí. De qualquer modo, vale ficar atento às manifestações supostamente “irritadas” do mendanhismo nas redes sociais e espaços de mensagens dos jornais. Talvez seja o caso de se fazer um balanço a respeito.

Ou será que só o Gabinete do Ódio do bolsonarismo deve ser criticado?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.