Pesquisa Serpes mostra Gustavo Mendanha líder na estimulada e na espontânea. Ele começa a descolar

O candidato do PMDB a prefeito de Aparecida de Goiânia começa a deslanchar e supera todos os candidatos. E ele tem a menor rejeição. Marlúcio Pereira tem a maior rejeição

Gustavo Mendanha no evento de lançamento da pré-candidatura para prefeito de Aparecida de Goiânia | Foto: Divulgação/Facebook/ Rodrigo Estrela

Gustavo Mendanha, com o apoio de Maguito Vilela, assume a liderança na pesquisa de intenção de voto do Serpes | Foto: Divulgação/Facebook/ Rodrigo Estrela

O candidato do PMDB, o vereador Gustavo Mendanha, pode sair destas eleições para prefeito de Aparecida de Goiânia como um de seus maiores fenômenos. Começou bem atrás, foi galgando posições e agora lidera, segundo pesquisa de intenção de voto do instituto Serpes divulgada pelo jornal “O Popular” na edição de segunda-feira, 5. Gustavo Mendanha tem 25,8%. O candidato do PSB, o deputado estadual Marlúcio Pereira, aparece em segundo lugar — com 23,3%. A rigor, os dois estão tecnicamente empatados. O fato novo é que o peemedebista está crescendo e o socialista, caindo. O terceiro colocado, o Professor Alcides Ribeiro, do PSDB, tem 20% e, considerando a margem de erro, está empatado com o líder do Partido Socialista Brasileiro. Mas está 5,8% atrás do postulante peemedebista — bem fora da margem de erro (que é de 3,99%). 14,1% disseram que pretendem anular o voto. 16,8% informaram que ainda não decidiram.

Deputado Malúcio Pereira | Foto: Marcos Kennedy

Deputado Malúcio Pereira, candidato do PSB a prefeito | Foto: Marcos Kennedy

O quadro atual, se nenhum descolar, sugere que a eleição em Aparecida de Goiás terá segundo turno.

Gustavo Mendanha começa a descolar na espontânea

Na pesquisa espontânea, na qual começa a descolar, Gustavo Mendanha aparece com 16%. O segundo colocado tem 12,1%. O Professor Alcides Ribeiro tem 10,3%. 11% disseram que vão votar nulo. É alto o índice dos que não sabem em quem votar — 50,6%.

Professor Alcides e coronel Silvio

Professor Alcides e Coronel Silvio

Rejeição de Marlúcio Pereira chega a quase 30%

Marlúcio Pereira é o mais rejeitado, com 28,6%. O Professor Alcides Ribeiro aparece com 21,1%. O menos rejeitado é Gustavo Mendanha, com 19,3%.

Registro da Pesquisa no TSE

A pesquisa é de responsabilidade do Serpes Pesquisas de Opinião e Mercado Ltda. Os contratantes é J. Câmara & Irmãos S.A. e O Popular. O Serpes ouviu 601 eleitores, em Aparecida de Goiânia, entre 30 de agosto e 2 de setembro de 2016. A margem de erro é de 3,99 pontos porcentuais. Intervalo de confiança: 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo nº  GO-09681/2016. O registro foi feito no dia 23 de agosto de 2016.

O que explica a ascensão de Gustavo Mendanha?

A pesquisa não apura os motivos da ascensão de Gustavo Mendanha. Mas é possível detectar duas causas. Primeiro, a entrada de vez do prefeito Maguito Vilela na campanha. A população de Aparecida de Goiânia gostaria de dar um terceiro mandato ao peemedebista. Como não é possível, está apostando, aparentemente, no seu candidato. Prefeitos bem avaliados costumam fazer seus sucessores.

Segundo, é preciso ressaltar a capacidade de articulação e agregação do próprio candidato. Ele não era o candidato de Maguito, mas, dada sua capacidade de articulação — de agregar várias forças políticas da cidade —, se tornou candidato.

O quadro evidentemente não está definido, mas os dados, sobretudo sua ascensão, sugerem que Gustavo Mendanha irá para o segundo turno. Há peemedebistas que apostam que poderá ser eleito no primeiro turno.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.