Numa fase de reflexão profunda — às vezes pergunta: “Por que Deus fez isto comigo?”, depois muda o discurso: “Deus estaria me testando?” —, Iris Rezende disse a dois peemedebistas que não pretende disputar a Prefeitura de Goiânia. Porém, confrontado com a possibilidade de as pesquisas revelarem que tem chance de ser eleito, até no primeiro turno, teria acrescentado que é cedo e que no devido tempo ele vai tomar uma decisão.

Acredita-se que os iristas, notadamente suas viúvas, vão usar as pesquisas para emplacar Iris Re­zende como candidato a prefeito. De fato, uma pesquisa feita recentemente aponta o peemedebista-chefe como líder, com Sandes Júnior em segundo.