Olavo de Carvalho ataca Maitê Proença e defende Regina Duarte pra defender o governo

“Maitê, a Regina não tem obrigação nenhuma para com uma classe que sempre viveu de dinheiro público”, afirma o filósofo

Discurso de Olavo de Carvalho é incendiário

Olavo de Carvalho: filósofo brasileiro que mora nos Estados Unidos| Foto: reprodução

O filósofo Olavo de Carvalho, onipresente nas redes e espécie de ombudsman do governo do presidente Jair Bolsonaro, voltou ao ataque e do ataque à defesa. O alvo agora é a atriz Maitê Proença, crítica (das mais leves) de Regina Duarte, a secretária de Cultura do governo federal.

Leia o que disse Maitê Proença num vídeo: “A Cultura está perplexa com a falta de informação com o que tem sido feito ou proposto. É inexplicável o silêncio sobre uma política para o setor. Nós estamos sobrevivendo de vaquinhas. Nesse túnel comprido, e sem futuro à vista para arte, que, afinal, se faz juntando gente. Mas, até quando isso vai se sustentar? São muitos poucos os que têm reservas financeiras para milhares que estão à míngua. Enquanto isso, morrem os nossos gigantes: Rubem [Fonseca], Aldir [Blanc], Flávio [Migliacio]… Nenhuma palavra de nosso presidente, de nossa secretária. Regina, eu apoiei desde o início o seu direito a posição que divergia da maioria dos seus. Regina, estou aqui clamando: fale com a sua classe, nós precisamos de você”.

Jair Bolsonaro, presidente da República, e Regina Duarte, atriz e secretária da Cultura | Foto: Reprodução

Olavo Carvalho, ao defender Regina Duarte, sustenta que Maitê Proença teria dado um “show de analfabetismo cívico”. “É incrível uma pessoa pretensamente culta não perceber o quanto é imoral colocar pretensas obrigações de solidariedade corporativa acima dos deveres de um funcionário público para com o Estado e a população contribuinte”, frisa o filósofo, que mora na Virgínia, nos Estados Unidos, e é ligado ao presidente Jair Bolsonaro e aos seus filhos, notadamente Carlos Bolsonaro. “Maitê, a Regina não tem obrigação nenhuma para com uma classe que sempre viveu de dinheiro público. Ela tem para com os milhões de brasileiros que pagam o salário dela e o de toda essa maldita classe de vampiros”, disse.

Maitê Proença, atriz | Foto: Reprodução

Ao criticar Maitê Proença, para defender Regina Duarte, o filósofo não deixou de estocar a aliada de Bolsonaro, pela qual não tem simpatia: “Uma como a outra, essas véia embonecada metida a intelequituar não há saco que aguente”. Em outro post, disse: “Regina, VTNC”.

O mais provável é que Olavo de Carvalho esteja defendendo o governo e, ao mesmo tempo, ajustando contas com artistas e intelectuais de esquerda. Não é, portanto, exatamente uma defesa de Regina Duarte. Ao chegar à Secretaria de Cultura, a atriz teria dado um chega pra lá em alguns bolsonaristas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.