Repórteres e editores de “O Popular” estão preocupados porque o Grupo Zahran — que comprou a TV Anhanguera — não tem interesse por jornais impressos. Há a possibilidade de o jornal sair do controle de Jaime Câmara Júnior, o acionista majoritário, e passar para o controle da família de Tasso Câmara.