Embora ligado ao senador eleito Ronaldo Caiado, o sócio da Govesa apoia Marconi Perillo e Aécio Neves

Na eleição para presidente da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura, realizada na segunda-feira, 20, venceu o empresário Hugo Goldfeld, apoiado pelo senador eleito Ronaldo Caiado (DEM). O médico Fernando Antônio Honorato, com o apoio do presidente da SGPA, o discreto Ricardo Yano, foi derrotado.

Goldfeld é sócio da concessionária de automóveis Govesa, da Construtora Govesa e de duas concessionárias da Toyota em Ribeirão Preto e em Uberaba. Ele é fazendeiro, mas não estava envolvido nas lutas do setor agropecuário. Empresário atilado, dos mais focados, pretende dinamizar a SGPA, incorporando o “A”, de Agricultura, às lutas do setor. No momento, só “P”, de Pecuária, dirige a associação. Ele quer usar a estrutura — um elefante branco ou, segundo suas palavras, um cemitério na maior parte do ano — para tornar a SGPA mais rentável. Também pretende separar a exposição da festa da Pecuária. O motivo é fortalecer os negócios e não estressar (ou estressar menos) os animais.

O empresário teve o apoio de Ronaldo Caiado, mas vota em Marconi Perillo para governador e em Aécio Neves para presidente da República. Em visita ao Jornal Opção, ele disse a dois editores que Marconi é “preparado, inteligente e focado”. O secretário da Agricultura, Antônio Flávio Lima, e o presidente da Agência de Agrodefesa, Antenor Nogueira, trabalharam para Fernando Antônio. Porém, para a estrutura palaciana, Goldfeld não é visto como adversário.

Falastrão, Goldfeld abomina o politicamente correto. É um crítico radical e persistente da esquerda.