No segundo turno, PT e Ciro Gomes se aliarão a Alckmin contra Bolsonaro

Em “on”, petistas e Ciro Gomes jamais admitirão que podem apoiar o candidato a presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, se for ele for para o segundo turno contra Jair Bolsonaro (PSL). Porque, se admitirem a hipótese, estarão sugerindo que o postulante tucano é forte e irá para a disputa final contra o deputado federal e capitão do Exército.

Porém, nos bastidores, a conversa é outra. Tanto petistas quanto ciristas sugerem que “tudo, menos Jair Bolsonaro”. Então, no caso de segundo turno entre o ex-governador de São Paulo e o capitão do Exército, o PT vai liberar a militância para votar no tucano e até fazer campanha. Mas não vai liberar seus líderes para participar do palanque do médico paulista.

O PDT vai migrar 100% para o palanque de Alckmin, ainda que Ciro Gomes decida se omitir. Porém mesmo o presidenciável pedetista deve declarar voto no tucano, isto, claro, no caso de disputa dele com Jair Bolsonaro — que a esquerda, além de combater, abomina.

3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Oronzo

Se nenhum partido que apoiar o Bolsonaro quer dizer que ele tem alguma coisa em comum com o povo, que ja esta cansado destes politicos que estão ai.

Rafael B

A coluna acredita que o Picolé de chuchu estacionado em 4% vai ao segundo turno? Mais correto seria: “No segundo turno Geraldo Alkmim e Ciro Gomes se aliarão ao PT contra Bolsonaro”…

Cid Sá

Os Capitão da nossa Nação #BolsonaroPresidente e #GeneralMourão #PSL17, esses sim tem compromissos com a sociedade de bem do Brasil.