Murilo Oliveira diz que não há mínima condição de Eduardo Machado assumir o comando do PHS

O presidente do PHS em Goiás afirma que perícia técnica comprovou que assinaturas em documentos são de Eduardo Machado

Divulgação

O presidente do PHS em Goiás, Murilo Oliveira, diz que não há a mínima possibilidade de Eduardo Machado voltar ao comando do partido em nível nacional ou Estado. “Ele tenta prejudicar o nosso trabalho de reestruturação das bases e a restauração da credibilidade. Eduardo disse que sua assinatura foi falsificada em documentos. Mas perito altamente especializado confirma que as assinaturas são mesmo suas. Portanto, não há como a Justiça restituir-lhe o comando partidário. Na verdade, quer conturbar o ambiente, só isso”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.