Murilo Oliveira assume a presidência do PHS em Goiás

A prioridade do partido é eleger deputados federais devido à cláusula de barreira

Murilo Oliveira, presidente do PHS em Goiás | Foto: Facebook

Depois da saída de Felipe Cortês, Murilo Oliveira assumiu a presidência do PHS em Goiás.

Cleiton Lemos assume, na próxima semana, o cargo de secretário-geral do partido no Estado. Marcelo Augusto vai assumir a vice-presidência estadual.

“Já temos uma lista de pré-candidatos a deputado federal e estadual. Estamos montando chapas puras tanto para estadual quanto para federal”, afirma Murilo Oliveira.

“Para o governo do Estado, falamos com os três pré-candidatos [Ronaldo Caiado, do DEM, José Eliton, do PSDB, e Daniel Vilela, do MDB], ouvimos exposições sobre os projetos deles para Goiás e a respeito do que pensam sobre o nosso partido. Até agora, o PHS não decidiu quem vai apoiar. Mas vamos priorizar a aliança que vai fortalecer a chapa de deputado federal, que é a prioridade nacional do PHS (por causa da cláusula de barreira)”, diz o presidente.

Três políticos de Goiás participam do comando nacional do PHS: Murilo Oliveira é o tesoureiro-nacional; o vereador Edmar Fernandes, de Santa Bárbara, é o tesoureiro-adjunto; e Sebastião de Abreu (Tião Bola) é o vice-presidente.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.