MP deveria investigar possibilidade de triangulação entre a Alusa Engenharia, a Delta e Iris Rezende

irisO Ministério Público Fe­deral e a Polícia Federal não investigaram a possibilidade de uma triangulação nas contas eleitorais da campanha de Iris Rezende para prefeito de Goiânia em 2008. A empresa Alusa Engenharia Ltda. fez três repasses para o líder do PMDB. Dois no valor de 160 mil reais e um no valor de 180 mil reais. 500 mil reais no total. O dinheiro foi repassado no dia 3 de outubro.

Há suspeita de que a triangulação tenha sido a seguinte: a Delta Construções teria repassado dinheiro para a A­lusa Engenharia Ltda. e esta para Iris Rezende. Antes de qualquer investigação, o peemedebista poderia contribuir com a sociedade e esclarecer se a história da triangulação procede e, também, sobre os mo­tivos de ter recebido tanto dinheiro da Alusa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.