Morre o cantor e compositor Ricardo Teles, de 49 anos. Teve infarto

Talmon Pinheiro, Pedro Canedo, Jairo Mendes e Adhemar Santillo dizem que era um “grande artista” e “um cidadão de bem”

O cantor e compositor Ricardo Teles, de 49 anos, morreu na quarta-feira, 13, na recepção da Santa Casa de Misericórdia de Anápolis.

O jornalista Jairo Mendes relata que Ricardo Teles “estava em” sua “casa quando passou mal e pediu à” mulher “para leva-lo ao hospital para ser medicado”. Mas sofreu um infarto “quando preenchia a ficha de atendimento”. O jornalista acrescenta que era “um grande artista”.

O advogado Talmon Pinheiro Lima afirma que Ricardo Teles “era uma pessoa conhecida e querida” em Anápolis.

O ex-deputado federal e médico-oftalmologista Pedro Canedo afirma que Ricardo Teles “era uma grande pessoa, em todos os aspectos: religioso, artístico, familiar. Ele era homem de caráter, sempre leal. Perdi um grande amigo e companheiro”.

O ex-prefeito de Anápolis e ex-deputado federal Adhemar Santillo afirma que Ricardo Teles era um “grande artista” e “uma pessoa de valor”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.