Mendanha planeja chapa com Mabel na vice e João Campos pra senador

Parte do Republicanos articula com o governador Ronaldo Caiado. Mas outra parte articula livremente com Gustavo Mendanha

Um aliado do pré-candidato do Patriota a governador, Gustavo Mendanha, tenta explicar a “demora” na formatação da chapa majoritária.

“É o seguinte, sem tergiversar: Gustavo está esperando a formatação da chapa majoritária do governo. Se a chapa for Ronaldo Caiado (União Brasil) para governador, Daniel Vilela (MDB) para vice e Lissauer Vieira (PSD) na vice, aí vamos atrás dos que ficaram de fora, ou seja, dos que foram ‘menosprezados’”, afirma.

Sandro Mabel, Gustavo Mendanha e Alcides Rodrigues: articulando em nome de João Campos e do Republicanos em defesa do pré-candidato do Patriota | Foto: Divulgação

Mas de quais políticos o mendanhismo irá atrás? “Nós gostaríamos de uma chapa com Gustavo para governador, Alexandre Baldy (pP) na vice e João Campos (Republicanos) para senador. Porém, se Baldy ficar ao lado de Caiado, como candidato avulso a senador, nós vamos buscar contra configuração: Gustavo para governador, Sandro Mabel na vice e João Campos para senador”.

Isto, claro, na hipótese de o Republicanos ficar com a oposição. Porque o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, e o deputado estadual Jefferson Rodrigues querem ficar com o governador Ronaldo Caiado. Quer dizer, o grupo do Republicanos que tem ligação com a Igreja Universal e a TV Record planeja ficar com o líder do União Brasil. Já o grupo representado por João Campos, ligado à Igreja Assembleia de Deus-Vila Nova, está se aproximando de Mendanha. Esta ala que assumir o controle total do partido em Goiás.

Detalhe: Mabel articula em nome de João Campos e do Republicanos junto a Mendanha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.