Mendanha dispensa Baldy, banca João Campos pra senador e Vitor Hugo pra vice

O postulante da oposição, segundo um aliado, não quer ficar explicando, na campanha, por que seus aliados foram presos

Gustavo Mendanha e Marconi Perillo: o segundo foi preso mas tem estrutura | Foto: Reprodução

Um apoiador de Gustavo Mendanha para governador afirma que o ex-ministro Alexandre Baldy está fora de seus planos para candidato a senador. Ele já teria fechado um acordo com o deputado federal João Campos, do partido Republicanos. Tal aliado afirma que, como Marconi Perillo estará na campanha de Mendanha, como coordenador formal ou informal, não há como colocar Baldy, ainda mais na chapa majoritária.

“Como defender um discurso moralizador se se tem no palanque dois políticos que, certo ou errado, foram presos? Basta ficar com um deles, Marconi, que tem mais experiência política e estrutura em todo o Estado. Marconi pelo menos não irá figurar na chapa majoritária. O fato é que Gustavo teme ficar a campanha toda explicando por que ‘fulano’ e ‘sicrano’ foram presos.”

Alexandre Baldy e Gustavo Mendanha: o segundo está dispensando o primeiro | Foto: Reprodução

Outro “dispensado” por Mendanha, segundo o apoiador, é o ex-prefeito de Trindade Jânio Darrot. “O vice que Gustavo está articulando é o deputado federal Major Vitor Hugo. O único problema é que Vitor Hugo quer ser o dono da chapa e planeja derrubar João Campos para colocar o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, como candidato a senador.”

Gustavo Mendanha e Major Vitor Hugo | Foto: Divulgação

Crise à vista? Sim. Porque Marconi Perillo, segundo o apoiador de Mendanha, quer impor a deputada Lêda Borges (PSDB) como vice.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.