Mendanha circula com marconistas em Chapadão do Céu

Osvaldo Fonseca e Heuler Cruvinel já estão praticamente fora do MDB e devem se filiar no partido para onde for Gustavo Mendanha

Emedebistas têm notado um fenômeno: o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (de saída do MDB), mesmo antes de qualquer possível rompimento, já mudou de turma. Em todas as cidades nas quais chega é recebido por aliados do ex-governador Marconi Perillo — que liga antes avisando da visita iminente do novo parceiro.

Em Uruaçu, Mendanha não procurou nenhum emedebista. A primeira pessoa que procurou foi o prefeito Valmir Pedro, do PSDB, que, de tão aliado do ex-governador, é conhecido como “Marconi do Norte”.

Leonardo Fonseca, Osvaldo Fonseca, Rogério Graxa, Gustavo Mendanha, Sivalda do Crescer e Heuler Cruvinel: aliados para a disputa de 2022 | Foto: Divulgação

No sábado, 21, num evento em Chapadão do Céu, Mendanha também não procurou o grupo liderado pelo emedebista Vinicius Terin. Pelo contrário, ao chegar na cidade, rumou diretamente para a casa do ex-prefeito Rogério “Graxa” Pianennola — que se apresenta como “fã” tanto de Perillo quando do presidente do PSDB, José Eliton. Em 2018, ele abandonou o PP, porque o partido apoiava a candidatura de Daniel Vilela a governador, e se filiou ao PSDB e apoiou José Eliton.

Dois emedebistas de Rio Verde, o médico Osvaldo Fonseca Jr. e o ex-deputado federal Heuler Cruvinel, acompanharam Mendanha e Rogério Graxa na festança de Chapadão do Céu.

Um aliado de Mendanha sustenta que Osvaldo Fonseca e Heuler Cruvinel o acompanharão na saída do MDB e os três se filiarão ao mesmo partido, possivelmente o Podemos, o Progressistas ou PSDB. Nenhum membro da direção do diretório do MDB em Rio Verde participou do “forrobodó” de Chapadão do Céu.

O diretório do MDB em Rio Verde permanece leal ao presidente do partido, Daniel Vilela, e vai segui-lo na aliança com o governador Ronaldo Caiado.

Já está praticamente acertado que Daniel Vilela será o vice de Ronaldo Caiado na disputa eleitoral de 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.