MDB aposta que elege 3 deputados federais. Zé Mário é visto como o puxador de voto

As principais apostas são Zé Mário Schreiner, de Mineiros, Célio Silveira, de Luziânia, e Márcio Corrêa, de Anápolis

Zé Mário Schreiner: puxador de votos do MDB| Foto: Divulgação

O MDB planeja eleger pelo menos três deputados federais: Célio Silveira, Márcio Corrêa e Zé Mário Schreiner. O presidente nacional do partido, Baleia Rossi, estaria satisfeito com a informação repassada pela cúpula local, porque, em 2018, há quase quatro, a legenda não elegeu nenhum parlamentar federal.

Acredita-se que o deputado federal Zé Mário será o grande puxador de votos. Fala-se, no partido, que poderá obter cerca de 140 mil votos, ou seja, se elegeria praticamente sozinho.

Célio Silveira

Célio Silveira, deputado federal | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

A força de Zé Mário resulta de ter estrutura política em todo o Estado, por ser visto como o “representante do agronegócio”. Ele é presidente da Federação da Agricultura do Estado de Goiás (Faeg). Eventos organizados pelo parlamentar costumam reunir mais pessoas do que os articulados pelo pré-candidato a governador pelo Patriota, Gustavo Mendanha.

A segunda grande aposta do MDB é o deputado federal Célio Silveira, que tem bases político-eleitorais fortes no Entorno de Brasília (é o candidato do prefeito de Luziânia — cidade que tem mais de 120 mil eleitores), mas trabalha em cidades de outras regiões, como Morrinhos, Jaraguá e Itapaci.

Márcio Corrêa: presidente do MDB em Anápolis | Foto: Divulgação

A terceira aposta é o empresário e dentista Márcio Corrêa, de Anápolis. Dos três, é o mais ligado a Daniel Vilela e é cristão-novo na política (disputou apenas uma eleição, a de prefeito de Anápolis, em 2020, quando ficou em terceiro lugar). Se obtiver 40 mil votos em Anápolis, como o emedebismo espera, tem chance de se eleger.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.